IX CONGRESSO DA ASSOCIAÇÃO MÉDICO-ESPÍRITA DO BRAS...
CURSO DE EXTENSÃO: MÚSICA E RELIGIOSIDADE
ALBUM DE 10 ANOS DO CD MICRÓBIO DO FREVO
AULAS NA PÓS-GRADUAÇÃO - Uma experiência renovador...
MÚSICA E RELIGIOSIDADE : Das cavernas à música con...
SILVÉRIO PESSOA & LA TALVERA (Projeto Forroccitani...
NOVO CD LANÇADO NA EUROPA
SHOW COM GILBERTO GIL NO IBIRAPUERA - 25 ANOS DO I...
INTERCÂMBIO NA UNIVERSIDADE METODISTA DE SÃO PAULO...
INUSITADOS MOMENTOS QUE ME ENVOLVEM NO INÍCIO DE 2...





05/2006 06/2006 07/2006 08/2006 09/2006 11/2006 12/2006 03/2007 04/2007 05/2007 06/2007 07/2007 08/2007 03/2008 04/2008 05/2008 06/2008 07/2008 08/2008 10/2008 11/2008 12/2008 01/2009 02/2009 03/2009 04/2009 05/2009 06/2009 07/2009 08/2009 09/2009 10/2009 11/2009 12/2009 01/2010 02/2010 03/2010 04/2010 05/2010 07/2010 08/2010 09/2010 10/2010 05/2011 06/2011 07/2011 08/2011 10/2011 11/2011 01/2012 03/2012 05/2012 09/2012 11/2012 01/2013 05/2013 06/2013
  • Current Posts





  • Site Oficial
    Comunidade no Orkut




    Karina Hoover
    Envie um email

    +55 81 3269 1654
    +55 81 32691625
    +55 81 99677815



    Layout:PIANOLAB

    25.4.10
    GRAVANDO VOZ NO NOVO CD SOLO - NO GRAU






    Nas semanas de abril começei e continuo gravando voz no meu novo CD solo, NO GRAU. Esse título foi uma idéia minha depois de lembrar os anos que morei na periferia do Recife, no Barro, um pequeno bairro ao lado de Areias, Tejipió. Zona Oeste. Nos reuníamos na esquina antes das peladas para bater papo, ouvir meu amigo "Neinha" tocar violão (Beatles, Renato e seus Blue Cap's,Fever's,Trepidantes,Roberto Carlos, Tim Maia...) e sempre que passava alguém do bairro e via aquela turma na esquina perguntava: - E aí? tudo NO GRAU? e então respondíamos - tudo NO GRAU. Significava que estava "Tudo bem", "Tudo equilibrado","Na medida certa". Achei a expressão próxima ao meu momento atual, no qual como compositor, intérprete e músico, me sinto mais seguro, um pouco mais amadurecido que antes, para produzir eu mesmo esse CD, além da seleção do repertório, encontrar nesse momento a medida certa, o equilíbrio entre minha história na zona da mata, as tradições, e a música atual, moderna, contemporânea. Um hibridismo dosado, sem querer inventar nada e ao mesmo tempo testando novas sonoridades,levadas e parcerias. Ser o que se é ao mesmo tempo dialogando com outras maneiras de ver a vida. Isso no mundo da música, dos sons, das diversas culturas que visitei quando viajei nas várias tours por diversos países. Esse CD me deixou feliz. Criei a maioria das canções no meu estúdio em casa antes do nascimento de minha filha. Tem um sabor autônomo e coletivo. Em suma, NO GRAU!

    ----------

    18.4.10
    III CONGRESSO BRASILEIRO DE ESPIRITISMO - BRASÍLIA - 16 a 18/04/10












    Semana de estudos, reflexões, encontros e muitas amizades aqui em Brasília. O III Congreso Brasileiro de espiritismo trouxe à tona assuntos e temas relacionados com a ecologia, a educação do ser integral, a arte, a mediunidade e o agradecimento ao trabalho intensivo de Chico Xavier que foi o homenageado do Congresso. Momentos emocionantes nas presenças do orador Divaldo Franco, do Vice presidente José Alencar, da apresentação de Nando Cordel sobre a paz, dos depoimentos sobre a humildade de Chico Xavier. É isso: Vivendo e aprendendo! Hoje dei um passeio por Brasília e visitei no CCBB as exposições dos Gêmeos de SP e de Anita Malfaltti.

    ----------

    10.4.10
    GRAVAÇÕES DO NOVO CD -NO GRAU











    Sessão de gravação de violinos, cellos, flautas, no novo CD NO GRAU na última sexta-feira, dia 9/04, nos estúdios MUZAK, em Casa Forte, Recife-PE. Estamos agora organizando as últimas sessões para iniciar a mixagem.O CD mantém o apoio do imaginário da Zona da mata Norte, onde nasci, porém com uma acentuada cultura urbana, mais que os CDs anteriores. Estou muito satisfeito com os resultados. Curtam as fotos. Grande músicos participaram dessa sessão. Fabiano Menezes (Cellos), Sérgio Campelo (Flautas) André Julião (escaleta),Tostão Queiroga(Potes e Hang Drums), participação especial de Roger de Renoir em uma canção minha com parceria do poeta Marco Polo. Vamos em frente!

    ----------