IX CONGRESSO DA ASSOCIAÇÃO MÉDICO-ESPÍRITA DO BRAS...
CURSO DE EXTENSÃO: MÚSICA E RELIGIOSIDADE
ALBUM DE 10 ANOS DO CD MICRÓBIO DO FREVO
AULAS NA PÓS-GRADUAÇÃO - Uma experiência renovador...
MÚSICA E RELIGIOSIDADE : Das cavernas à música con...
SILVÉRIO PESSOA & LA TALVERA (Projeto Forroccitani...
NOVO CD LANÇADO NA EUROPA
SHOW COM GILBERTO GIL NO IBIRAPUERA - 25 ANOS DO I...
INTERCÂMBIO NA UNIVERSIDADE METODISTA DE SÃO PAULO...
INUSITADOS MOMENTOS QUE ME ENVOLVEM NO INÍCIO DE 2...





05/2006 06/2006 07/2006 08/2006 09/2006 11/2006 12/2006 03/2007 04/2007 05/2007 06/2007 07/2007 08/2007 03/2008 04/2008 05/2008 06/2008 07/2008 08/2008 10/2008 11/2008 12/2008 01/2009 02/2009 03/2009 04/2009 05/2009 06/2009 07/2009 08/2009 09/2009 10/2009 11/2009 12/2009 01/2010 02/2010 03/2010 04/2010 05/2010 07/2010 08/2010 09/2010 10/2010 05/2011 06/2011 07/2011 08/2011 10/2011 11/2011 01/2012 03/2012 05/2012 09/2012 11/2012 01/2013 05/2013 06/2013
  • Current Posts





  • Site Oficial
    Comunidade no Orkut




    Karina Hoover
    Envie um email

    +55 81 3269 1654
    +55 81 32691625
    +55 81 99677815



    Layout:PIANOLAB

    27.7.09
    EVENTO PARA LANÇAMENTO DO PROJETO/CD CICLOS


    UM NOVO TEMPO
    Mesa redonda sobre A música, o Sagrado e Novas Formas de Organização Coletiva

    LANÇAMENTO E AUTÓGRAFOS DO PROJETO/CD CICLOS com Silvério
    Pessoa.


    Convidados : Pe.Reginaldo Velozo (Presbítero das Comunidades eclesiásticas de base do Morro da Conceição) e Francisco Saboya Neto (Economista, Presidente do Núcleo de Gestão do Porto Digital (NGPD) Horário :16:00h

    Local : Auditório da Livraria Cultura - Paço Alfândega - Recife - PE

    Entrada : Livre

    ----------

    20.7.09
    BREVE REGISTRO DO SHOW DO FESTIVAL DE INVERNO DE GARANHUNS

    Saimos cedo de Recife. A proposta da Equipe foi ir direto para a pasagem de som e depois descansar para o show da noite. Garanhuns tem uma paisagem agrestina, árida mas nem tanto. Lembro de muitas idas para o Festival de inverno, a maioria em carreira solo. Uma das mais importantes foi a estréia em palco grande do meu primeiro CD solo, o BATE O MANCÁ, abrindo a noite para Gal Costa.
    Luz, som e banda impecáveis. Na verdade minha equipe sempre dá show de bola. E nesse show tivemos uma banda grande, formato com o naipe de metais com 7 metais: 3 trombones, dois Trompetes, 2 Sax. Leo fez a luz, Normando Paes os in-ears, Titio o PA, Alexandre Neiva a produção executiva, Marcelo e Negão roadies, e Karina Hoover a Coordenação Geral.
    O repertório foi um Mix dos 3 CDs solo (Bate o Mancá, Micróbio do Frevo e Cabeça elétrica Coração acústico). A novidade foi as canções de Alceu que re-arranjamos para a gravação do SOM BRASIL que resolvi mostrar para o público do Festival. O roteiro foi bem dinâmico.
    Breno Lira deu um show na Viola de 12 em momento solo e interage muito bem com a banda. Outro destaque segundo a produção foi André Julião no acordeon e escaleta. Show que curti e me diverti muito no palco. O público recebeu muito bem nossa proposta de som e roteiro.
    Os arranjos de Metais e a regência ficou por conta de Nilsinho Amarante da Trombonada. Eles dão um toque de sofisticação ao show e também o suingue com a banda fica muito bacana. É o formato melhor que venho trabalhando em palcos grandes. Venho trabalhando com esse naipe de metais faz mais de 5 anos.
    Todos os CDs e DVDs que levamos foram vendidos. Uma boa resposta do público do Festival.

    ----------

    9.7.09
    GRAVAÇÃO DO PROGRAMA SOM BRASIL - RIO DE JANEIRO

    Saindo mais uma vez de Recife e deixando esse visual que marca a zona norte da zona sul através dos prédios de Boa Viagem. É sempre interessante refletir como minha geração fincou os pés no lugar de origem e consegue hoje desenvolver um trabalho que necessita de saídas constantes.
    Minha primeira parada foi o ciclo junino do Circo Voador com show do Trio Nordestino e uma participação minha interpretando e homenageando Jackson do Pandeiro. genial a noite com casa lotada e uma interação surpresa entre mim e o Trio. Maravilhoso.
    3 dias no Projac da Globo. Barra da Tijuca é simplesmente outro Rio de janeiro. Ficamos a mais ou menos 30 minutos dos estúdios da Globo que foi gravado o SOM BRASIL homenageando Alceu Valença e ao mesmo tempo também gravam outros programas. Impecável a produção, a direção musical e o clima nesses 3 dias.
    Assumidamente essa é minha grande influência musical. Alceu Valença, que hoje se tornou amigo, próximo, confidente e fico muito feliz por isso que a música me possibilitou. Essa aproximação me ensinou muito.
    Além de mim, a canatora Potiguar Kristal, o próprio Alceu que colocou o auditório para cantar e uma cantora brilhante de São Paulo, a Giana Viscardi.

    Foram mais ou menos 18 horas de gravação. cada canção e sequência era registrada 3 vezes. Nós ficamos com CORAÇÃO BOBO, COMO DOIS ANIMAIS E PAPAGAIO DO FUTURO. Com arranjos de metais de Nilsinho Amarante, ganhamos uma pegada, levada, forte e lírica em cada canção. Foi tão bacana a experiência que devemos colocar as 3 canções no repertório do show do FIG (Festival de Inverno em Garanhuns)

    Ensaios, últimos arranjos, estrutura das canções, interação com o Ricardo (Diretor musical da Globo), além de uma perfeita simbiose da Equipe que trabalha comigo. Isso me faz cada vez mais seguro. O estúdio foi o Nas Nuvens, em Botafogo, Rio de Janeiro. Levamos as canções prontas daqui e lá apenas fechamos os arranjos de metais.

    Testando, testando, testando. Simplesmente perfeito o som de PA e in-ear da Equipe. Simplesmente perfeito cenário, coordenação e Luz. Levamos a formação de praxe com músicos e instrumentos.
    O PROGRAMA VAI AO AR DIA 27 DE AGOSTO. ÚLTIMA SEXTA FEIRA DO MES. REDE GLOBO DE TELEVISÃO.

    ----------